20.3.17

Despedida

substantivo feminino
1. Acto de despedir ou despedir-se.
2. Cumprimentos a (ou de) quem sai de um lugar. (Mais usado no plural.)
3. [Figurado] Fim, termo
despedida de solteiro 
• Festa que pretende celebrar a passagem de solteiro a casado de um dos noivos ou dos dois. 

des·pe·dir - Conjugar
verbo transitivo
1. Mandar sair (alguém) da casa, lugar, emprego, etc.
2. Licenciar. 
3. Atirar, arremessar. 
4. Expelir, lançar de si. 
verbo intransitivo 
5. Cessar, findar; fazer despedida. 
6. Renunciar. 
verbo pronominal 
7. Dizer adeus; fazer as suas despedidas. 
8. Ir-se embora. 
9. Apartar-se. 
10. Renunciar a (alguma coisa que acaba). 

Neste preciso momento dizemos "adeus" à estação mais fria do ano, aquela que nos pôs gorros na cabeça, luvas nas mãos e cachecóis ao pescoço e dizemos "olá" a um tempo mais ameno e simpático, mais florido e encantador, a Primavera. Não é uma longa e sentida despedida, porque até que a "prima" de instale definitivamente o Inverno ainda se faz sentir um pouco, através do vento ou de dias com chuvas mais fortes. É apenas um "até já", com regresso marcado daqui a 9 meses, com novas tendências, cores e agasalhos.
Estas mitenes serão as últimas tricotadas nesta estação e foram feitas a pedido da miúda cá de casa, que há "séculos" implorava por umas.




Cheira-me que na Primavera ainda se vão usar mitenes... 😄🌟

Fonte: "despedida", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/despedida [consultado em 19-03-2017].

19.3.17

Desbundar

(des- + bunda + -ar)

verbo transitivo
1. [Informal] Causar sensação, impacto. = DESLUMBRAR
verbo intransitivo
2. [Informal] Perder o controlo, a compostura.
3. [Informal] Divertir-se euforicamente. = FARRAR

Hoje acordei com o pensamento nesta palavra, desbundar. Há imenso tempo que não a ouço, nem a escrevo, mas vivo-a, à minha maneira.
É domingo, dia do Pai e um óptimo dia para a pôr em prática. Sair por aí, aproveitar o sol e sentir os primeiros cheiros de Primavera, ver coisas novas ou revisitar locais, como este:


[Porta-moedas Belém, modelo Luísa Martins para a Menina Albertina]

Fonte: "desbundar", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/desbundar [consultado em 19-03-2017].

12.3.17

Dependência

(depender + -ência)
substantivo feminino
1. Qualidade do que é dependente. ≠ INDEPENDÊNCIA
2. Necessidade de estar subordinado a outrem. = SUBORDINAÇÃO, SUJEIÇÃO ≠ AUTONOMIA, INDEPENDÊNCIA
3. Correlação; interacção, interdependência. ≠ AUTONOMIA, INDEPENDÊNCIA
4. Estado de necessidade que resulta do consumo contínuo e repetido de drogas ou derivados. = ADIÇÃO, HABITUAÇÃO, TOXICODEPENDÊNCIA, TOXICOMANIA, VÍCIO
5. Parte acessória. = ANEXO
6. Domínio, possessão, pertença.
7. Compartimento de uma casa ou edifício. = CÓMODO, DIVISÃO
8. País dependente de outro. = DOMÍNIO
9. Secção local, regional ou secundária de um estabelecimento ou instituição (ex.: dependência bancária). = FILIAL

Vivemos em constantes relações de dependência e sempre que há novas evoluções tecnológicas lá vamos nós tipo rebanho a trás do seu pastor, falo concretamente dos telemóveis, que entraram "de fininho" na nossa vida, praticamente no final do século passado, e hoje, em pleno século XXI curvamos-nos (literalmente) perante pequenos e "inteligentes" aparelhos
A nossa visão reduziu drasticamente, passámos a ser cada vez mais míopes, e se dizem que este meio de comunicar aproxima pessoas, nem sempre assim é. Há cada vez mais pessoas a "sofrerem" pelos que estão longe, aqueles que são escandalosamente difundidos nas redes sociais, e esquecem-se de dizer "bom dia" ou de perguntar se "está tudo bem" ao vizinho do lado. Esses apelos, por vezes, são tão curtos quanto as baterias desses aparelhos e têm de ser carregadas diariamente, por vezes mais que uma vez...
Este é o duro retrato da sociedade actual. Por isso cabe a cada um de nós procurar fazer diferente. Todos os dias!




[Ring-a-Ding - bolsa para telemóvel + suporte para carregamento, modelo Luísa Martins para a Menina Albertina]

Fonte: "dependência", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/depend%C3%AAncia [consultado em 12-03-2017].

28.2.17

Queque

(inglês cake, bolo)
substantivo masculino
1. [Culinária] Bolo pequeno e redondo, feito de farinha, gordura, ovos e açúcar.
adjectivo de dois géneros e substantivo de dois géneros
2. [Portugal, Informal, Depreciativo] Que ou quem tem aparência pretensiosa, arrogante.
3. [Informal] Que ou quem é considerado chique, elegante, bem-vestido ou fino.

Hoje numa curta visita à baixa lisboeta, dei por mim pasmada em frente a uma montra de uma pastelaria, na Rua do Loreto, onde queques gigantes sorriam para mim. Eu que até estou familiarizada com os ditos, tanto a comer como a fazer (mas em tecido), inspirei-me um  pouco mais e fiz este cupcake. Que é nada mais nada menos, e como  já li por aí, que um queque chique, cheio de estilo, carregadinho de acessórios, ora vejam:



Fonte: "queque", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/queque [consultado em 28-02-2017].

21.2.17

Fetiche

(francês fétiche, do português feitiço)

substantivo masculino
1. Objecto a que é prestada adoração ou que é considerado como tendo poderes sobrenaturais. = FEITIÇO
2. Objecto, parte do corpo ou tipo de comportamento que provoca excitação sexual.

Confesso que tenho uma adoração muito particular por joaninhas, porque são pequenos insectos que alegram a natureza, são bonitas, não picam e até dizem que trazem sorte, como já o referi aqui, uma e outra vez
Também já as maloquei nas mais variadas formas: malas; pregadeiras, grandes e pequenas; porta-moedas, ganchos para malas; bandoletes e fitas para cabelo, para além de utilizar também como pequenos adornos de outras peças que vou produzindo, agora apresento-vos uma nova maloquice, muito útil às costureirinhas de serviço (felizmente cada vez somos mais) que se dedicam à costura criativa e a criar as suas próprias peças, uma fita-métrica:




Fonte: "fetiche", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/fetiche [consultado em 21-02-2017].

19.2.17

Envelope

(francês enveloppe)

substantivo masculino
Envoltório para cartas ou outros documentos ou papéis. = SOBRECARTA, SOBRESCRITO

Ainda com cheiro a rosas... Sim, porque o dia dos namorados é o dia da rosa, sobretudo vermelha - símbolo do amor e da paixão, mostro-vos um dos últimos projectos costurados, uma clutch em forma de envelope, a fazer lembrar a época em que as mensagens de amor não eram instantâneas, diria até que fossem mais sentidas, demoravam dias a chegar ao destino e vinham envoltas num romantismo ímpar. Faziam borboletas na barriga das enamoradas à espera do Sr. Carteiro, seguidos de grandes e saudosos suspiros após leitura atenta das palavras escondidas dentro do sobrescrito. 
Outros tempos... sem pressas. 




O amor acontece. Deixem acontecer.


[Molde e PAP - Clutch Envelope de Luísa Martins para a Menina Albertina, a loja mais gira num raio de 10 km.]


Fonte: "envelope", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/envelope [consultado em 19-02-2017].

14.2.17

Mais

(latim magis)
advérbio
1. Em maior quantidade.
2. Em maior grau.
3. Outra vez.
4. Antes, melhor, preferentemente.
5. Além.
6. Ainda.
determinante e pronome indefinido
7. Maior quantidade.
substantivo masculino
8. O resto, o restante.
9. Maior quantidade ou maior quantia.
10. Outra coisa.
substantivo masculino plural
11. Os outros.
conjunção coordenativa
12. Usa-se para indicar adição (ex.: dois mais dois são quatro). = E
a mais
• Em quantidade superior; acima de (ex.: a obra custou 4 milhões a mais do que o previsto). ≠ A MENOS
de mais
• Para além da medida ou da intensidade considerada normal; em demasia ou em excesso.
de mais a mais
• Para além do que foi dido anteriormente; ainda em cima.
mais ou menos
• nem bem nem mal, podendo exprimir dúvida ou hesitação.
mais que tudo
• Principalmente, mormente, em primeiro lugar.
por de mais
• Debalde, inutilmente.
• Em demasia ou em excesso.
Confrontar: mas.

Para hoje...

Mais (muito, muito mais) AMR, por favor!

Fonte: "mais", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/mais [consultado em 09-02-2017].